domingo, 16 de março de 2008

Uma pequena homenagem minha, à minha pequena cidade ... lá do Itaqui

Vim de um cidade onde você não é você, você é filho do ...

Onde as pessoas olham para os dois lados ao atravessar a rua

Onde tem a praça com a igreja na frente, uma padaria , um bolicho

Onde todos se conhecem ... pelo menos de vista ou por que você é filho daquele amigo do seu vizinho e por ai vai ..

A cidade que as pessoas falam de você , falam muito. Pelo menos você é lembrado. Triste ser mais um na multidão.

A sinaleira é só uma, lá no centro

A boate é só uma, onde todos vão.

Vim de um lugar pequeno em que os jovens vão embora para estudar na cidade grande.

Lá ... de onde eu vim há uma preocupação com os outros, ou pelo menos com o que eles vão falar.

Os blocos de carnaval são de amigos ... de décadas, poucos e raros.

Onde as pessoas sentam na frente, na varanda.

Lá você volta muitos anos depois e as pessoas te reconhecem na rua.

Vim de onde o pessoal se reúne nas esquinas e nas praças para tomar chimarrão

Lá na frente da minha casa passa o vendedor de picolé e de sacolé também

A fofoca é grande. Aumenta e Inventa.

Os jornais são semanais. As colunas de jornal só falam da vida alheia, bom essa é a proposta. Jornais parciais. Políticos partidários.

Tudo é calmo. As ruas são largas e o ar mais puro.

A vizinha grita na janela. A gurizada pula o muro.

Onde as famílias dos filhos que namoram, se conhecem.

Ah sim... conheço, claro, é filho do fulano que é casado com a cicrana ...

A aura as vezes é pesada.

O ponto turístico é o mesmo... há anos.

Todo mundo fala mal de lá, mas todo mundo quer voltar, nem que seja pra passear.

2 comentários:

Anônimo disse...

lalaaa!
é verdade a city é essa mesmo!
e tbm se limita nos meus sonhos!
esse deve se um dos motivos de nos se dar tao bem,sonhar auto e realiza-lo!
te amo maninha!

prika_jornal disse...

Eh nega.... de onde eu vim também é assim.... não é a cidade do sonhos, mas é onde a gente nasceu e começou a aprender o que é ser gente, como o diz o ditado.
É nega, o negócio é o seguinte: cantar e cantar e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz!!!!
E vamos andando que o caminho é longo......
te amo
bjooooooooooooo